• Instagram

Governo do Maranhão lança livro com narrativas de transformação de vidas dos beneficiários do Plano Mais IDH

Em 29/01/2019

WhatsApp Image 2019-01-29 at 16.29.34

Nesta segunda-feira, 28, o Governo do Maranhão lançou o livro “O fim do Desenxergar e outras 29 histórias de mudança no Maranhão”, que contém 30 histórias dos beneficiários das ações do Plano Mais IDH, sob a ótica do jornalista Xavier Bartaburu e do fotojornalista Fellipe Neiva. O Plano Mais IDH é coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular – Sedihpop, que leva aos municípios mais pobres do Maranhão, ações nas áreas de educação; saúde e saneamento; infraestrutura; trabalho e renda; gestão, cidadania e participação popular; além de gênero, raça e juventude. O lançamento foi realizado no Palácio Henrique de La Rocque e contou com a presença do Governador Flávio Dino e auditório lotado.

“O Fim do Desenxergar” é um livro sobre transformação, esperança e dignidade. Foi produzido durante dois meses, quando o jornalista Xavier Bartaburu e o fotógrafo Fellipe Neiva percorreram os 30 municípios que possuem ações do Mais IDH e ouviram as pessoas sobre os impactos da ação do programa em suas vidas. Foram seis mil quilômetros de viagem por cidades maranhenses esquecidas por décadas. O livro evidencia a mudança que está em curso nessas cidades, que resulta também na transformação de condições de vidas, tornando possível perspectivas de um futuro mais digno.

O Governador Flávio Dino afirmou que o livro é um documento político e ético, que mostra histórias do cotidiano duro de alguns maranhenses, que na avaliação de alguns, deveria ser escondido, mas que o seu governo faz questão de evidenciar, pois para enfrentar os problemas de um povo é necessário conhecê-los e encontrar estratégias de resolução. Flávio Dino destacou que o livro é repleto de sentimentos e é por meio de sentimentos e sofrimentos que se faz um bom governo, porque são eles que motivam o aprimoramento e eficiência das ações. São estes sentimentos que motivam o Governo do Maranhão a optar por governar pelos mais pobres, pela distribuição de renda e redução das desigualdades. Para o Governador, tal posicionamento é um dever, mas também faz parte do nosso processo de humanização.

Humanização que Xavier e Fellipe fizeram virar dados do Plano Mais IDH, conforme ressaltou o Secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves da Conceição, que afirmou que há muitas maneiras de se mostrar as ações de um Governo, com placas, fotos de seus governantes, relatórios estatísticos e muitos outros meios de quantificar resultado, mas nenhum desses métodos são capazes de demonstrar o impacto das políticas nas vidas das pessoas quanto as histórias contadas por elas próprias. E assim, o livro se faz um parâmetro ímpar de demonstração do que o Mais IDH significa para quem é por ele beneficiado.

Histórias que o jornalista Xavier Bartaburu contou com o seu olhar estrangeiro e fez com que ele se sentisse o emissário de boas notícias. Para Bartaburu, o Mais IDH promove histórias de esperança que devem ser replicadas pelo país, inspirando novas histórias de mudança. Opinião partilhada pelo fotojornalista, Fellipe Neiva, que destacou que em um país com tantas desigualdades é fundamental que os governantes olhem pelos mais pobres e afirmou que, se tal iniciativa tivesse alcance nacional, teríamos um país mais justo.

Justiça que chegou à casa da senhora Bernarda Freitas, 61, residente de Santana do Maranhão, em forma de água. Em suas narrativas, dona Bernarda destaca como a sua vida era precária devido à falta de acesso a esse bem indispensável. Ela lembra o quanto sofria antes de ter água na torneira de casa: andava quilômetros embaixo do sol quente com uma lata d’água na cabeça – atividade que a adoecia e lhe colocava a necessidade de remédios diários para aliviar as dores do peso do dia. A filha mais nova já estava herdando a mesma atividade quando a água chegou. Uma frase simples e cheia de significados resumiu a felicidade da família: “Oh, mamãe! Deus tirou o balde da nossa cabeça, mãe!”.

WhatsApp Image 2019-01-29 at 16.34.59

 

Endereço:

Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,
Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br