• Instagram

Governo do Estado capacita técnicos municipais para o atendimento a refugiados venezuelanos

Em 18/12/2019

Nos dias 17 e 18 de dezembro, a Sedihpop e a Sedes realizaram, nas cidades de Imperatriz e Santa Inês, respectivamente, seminários para os técnicos que atuam na Assistência Social e Saúde nos municípios, sobre o acolhimento e atendimento de imigrantes venezuelanos indígenas da etnia Warao. Realizaram a atividade a secretária adjunta dos Direitos das Criança e dos Adolescentes, Lissandra Leite e Coordenadora da Assessoria Indígena da Sedihpop, Adriana Carvalho.

O objetivo da formação foi esclarecer os técnicos quanto ao contexto e características do fluxo migratório no Maranhão, bem como orientar a rede de assistência local quantos aos procedimentos e diretrizes de atendimento, considerando se tratar, em sua maioria, de indígenas e pessoas em condição de vulnerabilidade, como crianças e idosos.

Para Lissandra Leite, secretária adjunta dos Direitos da Criança e do Adolescente na Sedihpop, o principal desafio dos municípios é atender às necessidades humanitárias desses grupos através da rede de serviços locais, respeitando a sua cultura e costumes, principalmente no tocante à proteção das crianças. Ela destaca ainda que o Governo do Estado tem se esforçado para apoiar os municípios no atendimento dos grupos de refugiados mesmo sem contar com as diretrizes de uma política nacional ou apoio técnico-financeiro do Governo Federal.

Já para Gilcelia Muniz, técnica da Secretaria de Assistência de Santa Inês, o trabalho realizado pelas secretarias foi importante pelo acesso às informações e assim propiciar um melhor atendimento a esse público. “Até então estávamos trabalhando quase que de improviso, sem um direcionamento. Agora, podemos nos organizar de forma mais eficiente”, destacou.

Cerca de dez municípios maranhenses já registram a presença de refugiados venezuelanos. Para esta etapa de capacitações, foram convidados os municípios de Imperatriz, Açailândia, Estreito, Balsas, Santa Inês, Santa Luzia e Bom Jardim. Além das informações sobre o processo migratório, os municípios puderam discutir o fluxo de atendimento. Outros momentos de formação e acompanhamento devem ocorrer no início de 2020.

Endereço:

Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,
Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br