• Instagram

Funac lança portaria com ações preventivas ao coronavírus

Em 25/03/2020

Material trabalhado com os socioeducandos

A Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vinculada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), intensifica medidas preventivas e ações de contenção de riscos à saúde de servidores e socioeducandos, no combate à pandemia do coronavírus. 

Na segunda-feira (23), a presidente da Funac, Sorimar Sabóia, lançou a portaria n. 355/2020, que amplia as medidas já adotadas nos centros socioeducativos e na sede administrativa, assim como novo protocolo para a admissão de socioeducandos.

Desde o início deste mês, a gestão da Funac dialoga com diretores dos centros, implantando ações preventivas e orientações para servidores de prevenção ao novo coronavírus. As unidades já receberam, desde sexta-feira (20), kits com máscaras descartáveis, álcool 70% e antigripais. O Centro Socioeducativo de São José de Ribamar, por exemplo, foi umas das unidades que já recebeu, no sábado (21), termômetro digital infravermelho, que identifica sintoma de febre em servidores e adolescentes, com mais segurança.

Sorimar Sabóia ressaltou que a estratégia é focar em ações preventivas para evitar a transmissão de síndromes gripais e a Covid-19. “Para isso, já adotamos de forma gradual medidas para proteger a saúde da comunidade socioeducativa e garantir um ambiente seguro. Além disso, estamos acompanhando, integralmente, as equipes para orientar e apoiá-los nesta pandemia. Faremos tudo que for necessário para minimizar os efeitos desse momento nas unidades e sede administrativa”, afirmou a gestora.

Ações preventivas

Com as medidas, servidores que apresentarem sintomas respiratórios e/ou febre serão afastados, conforme Art. 6ª do Decreto Estadual n. 35.660/2020, devendo trabalhar de casa e, em caso de impossibilidade deverão interromper suas atividades de imediato. Servidores que estão no grupo de risco estão liberados para ficarem em casa. 

Novos socioeducandos passarão por quarentena de 15 dias, em local separado, com observação da equipe de saúde, antes de serem encaminhados para os alojamentos e atividades. Os adolescentes já internos que apresentarem febre ou sintomas de gripe e resfriado, deverão fazer uso de máscara e serão conduzidos para local reservado do Centro Socioeducativo, com a responsabilidade da equipe de saúde realizar os procedimentos e encaminhamentos que se forem necessários. O monitoramento também é estendido para a síndrome gripal do H1N1. 

Outra medida é a suspensão temporária das visitas de familiares aos centros socioeducativos, sendo estas substituídas por ligações telefônicas, visando a saúde da comunidade socioeducativa. A condução interestadual de socioeducandos será suspensa. 

Quanto a rotina sociopedagógica, a prioridade é por atividades em espaços arejados e pequenos grupos. As equipes técnicas e de saúde tem investido em ações de conscientização sobre a pandemia, reforçando a importância dos hábitos de higiene como lavar as mãos com frequência.

A limpeza dos centros está sendo reforçada com a utilização de álcool em gel 70%, água sanitária e outros produtos adequados, especialmente em locais de maior acesso e contato por pessoas. Os servidores também estão sendo orientados para a higienização, diária, dos objetos de trabalho e para a utilização de equipamentos de proteção (máscaras e luvas descartáveis, com a devida higienização das mãos e antebraços) nos processos de revistas.

“Todo o protocolo de ações preventivas construído com a gestão está sendo trabalhado com os servidores e adolescentes. Estamos atentos aos cuidados de higiene e ao monitoramento de saúde para conter riscos à nossa comunidade” frisou o diretor da unidade de São José de Ribamar, Luziano Campos. 

Acesso restrito

Para a sede administrativa da Funac, o acesso está restrito e foi instituído o regime excepcional de teletrabalho, desde que não haja prejuízos ao serviço público.


Foram cancelados ainda os seminários, palestras, formações, oficinas e reuniões presenciais, promovidas pela Funac ou Escola de Socioeducação do Maranhão (ESMA), para servidores e público externo.  Outras ações podem ser conferidas na Portaria, disponível no site www.funac.ma.gov.br

Endereço:

Av. Jerônimo de Albuquerque, S/N, 2º Andar, Bloco A, Edifício Clodomir Milet,
Calhau- São -Luís/MA. CEP: 65074-220

Telefone: (98) 3256-5330

Desenvolvimento © SEATI | www.seati.ma.gov.br